Planos de Mobilidade Urbana nos Municípios foram tratados no Bate-Papo com a CNM

O Plano de Mobilidade Urbana é o instrumento de efetivação da Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), determinado pela Lei 12.587/2012. Sobre o tema, o Bate-Papo com a CNM desta sexta-feira, 19 de agosto, trouxe as dificuldades e perspectivas na elaboração dos Planos de Mobilidade Urbana nos Municípios.

Conforme explicado pelo analista técnico de Trânsito e Mobilidade da CNM, Adilson Indi, o Plano de Mobilidade Urbana serve como um instrumento estruturante de todo o processo de planejamento da circulação e deslocamento, seja de pessoas, serviços e mercadorias dentro da cidade. “Vai definir os parâmetros de forma que vai conectar determinados espaços da cidade, seja integrado ao Plano Diretor ou outros instrumentos. Serve, especialmente, para ajudar nas questões de deslocamento e circulação”, disse.

Ao complementar, a gerente de Mobilidade Ativa da WRI Brasil, Paula Santos, ressaltou as dificuldades, especialmente as que são acumuladas durante os anos. “Essa forma de desenvolvimento urbano é a raiz do problema que os Planos de Mobilidade terão que resolver hoje. por exemplo, incentivar o uso do carro particular, impacta no transporte coletivo, como na má qualidade do serviço, no tempo de viagem dos passageiros, no preço de tarifas, coisas que só aumentam as desigualdades sociais”, completou.

Entre as sugestões apresentadas pelos participantes, está a de o gestor municipal desenvolver um plano com metas a serem cumpridas e passos a serem tomados. Outra dica foi a de envolver a população em todo o processo, ouvindo as principais necessidades, além de apresentar o passo a passo a ser desenvolvido no Município de forma que seja compreendida e não gere dúvidas.

Caso mesmo assim o gestor municipal tenha dúvidas, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza diversos conteúdos na Biblioteca Digital. Entre eles, a cartilha Mobilidade para Municípios inteligentes, humanos e sustentáveis.

Confira como foi o Bate-Papo com a CNM:
Link: Do vídeo

https://youtu.be/FZNEe3RXTXw <——-

Por: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias